Queijoz, o nome diz tudo

Perdi o meu quebra nozes. Já era velhote mas na verdade funcionava bem e fazia muito jeito. Assim sendo tive de ir comprar outro, claro está, e o engraçado da história é que este novo quebra nozes não só parte a casca do fabuloso fruto sem espalhar as cascas por todo o lado como também faz com que a noz saia inteirinha (como podem ver na foto) e, ainda abre garrafas de champanhe!! Uma loucura mesmo 😜
Como me fartei de quebrar as ditas nozes resolvi fazer um queijo, ou melhor, um queijoz, queijo de noz, claro está!!
A receita é em tudo semelhante às anteriores, mas coloquei um bocadinho menos de noz e um bocadinho menos de curcuma. Ao contrário dos outros qeuijos vegetais que ficam com o sabor do fruto seco disfarçado, este sabe mesmo a noz 😋


Queijoz: queijo vegetal de noz

Quebra nozes e abre garrafas de champanhe - à venda no Gato Preto

Queijoz
1 chávena mal cheia de nozes 
sumo de 1/2 limão pequeno

1 colher de sobremesa de polvilho azedo

1 colher de sobremesa de sal

1 colher de sopa de azeite
1 colher rasa de café de cúrcuma
pimenta preta q.b. (2 ou 3 voltas com o moinho bastam)
1 chávena de água
1 pacote de alga agár-agár (equivale a 1/2 colher de sopa)




Colocam a alga agár-agár com a água a ferver em lume brando durante 2 minutos e reservam.

Na Bimby ou outro processador de alimentos, trituram as nozes, adicionam o sumo de limão, o polvilho, sal, cúrcuma, pimenta preta e azeite e voltam a triturar/misturar. Por fim adicionam a alga agár-agár dissolvida e "mais uma voltinha".

Colocam o queijoz em caixas de vidro e levam ao frigorífico. 
Podem ter de rectificar a quantidade de sal e podem diminuir a quantidade de limão, tudo depende do vosso gosto 😀

Bons cozinhados, saborosos e saudáveis :)
Até breve,
Vera