Queiju

Queijo, quem gosta? E quem gosta mas deve evitar produtos lácteos? Acredito que muitos de vocês estão nesta situação, por isso mesmo, é com muita alegria que partilho convosco a minha receita de queiju= queijo de caju ;)



Como sabem, o caju é originário do Brasil, de onde foi exportado por nós, portugueses, para a Europa, Ásia e África.

Este fruto é muito nutritivo, tem proteínas e minerais essenciais como o cobre, cálcio, magnésio, ferro, fósforo, potássio e zinco. Para além disso também contem vitamina C, vitamina B1, B2(tiamina), B3(niacina), B6(ácido fólico), vitamina E e vitamina K (filoquinona), possui ácido oleico, fornece uma boa quantidade de gordura boa :) e ainda é super saboroso!

Cá em casa gostamos muito de caju, compro-o sempre cru e sem sal. É dos frutos mais versáteis na cozinha pois o seu sabor é suave e não fica "impregnado" em tudo.

Esta receita teve como base a receita de queijo vegetal da Isaura Faria http://umcursoemsabores.pt .Se tiverem oportunidade de fazer um workshop com ela, não deixem escapar...

Como é óbvio, este queiju não sabe a queijo, mas o seu sabor e textura são muito agradáveis. Mas atenção, não é light e como tudo, deve ser consumido com moderação.
O meu rapaz adora este queiju, tenho mesmo de controlar as fatias que come :)

Queiju 
1 chávena de caju cru
sumo de 1/2 limão
1 colher de sobremesa de polvilho azedo
1 colher de sobremesa de sal
1 colher de sopa de azeite
1 chávena de água
1 pacote de alga agár-agár (equivale a 2 colheres de sopa)

Colocam a alga agár-agár com a água a ferver em lume brando durante 2 minutos e reservam.
Na Bimby ou outro processador de alimentos, trituram o caju, adicionam o sumo de limão, o polvilho, sal e azeite e voltam a triturar/misturar. Por fim adicionam a alga agár-agár dissolvida e "mais uma voltinha".
Colocam o queiju em caixas de vidro e levam ao frigorífico. Depois é só saborear :)

Espero que gostem! Bons cozinhados e até breve,
Vera