Pasta para barrar de tremoço


Quem é que não gosta de uns tremoços? Por exemplo acompanhados de uma bebida fresquinha numa qualquer esplanada à beira mar...
Mas para espanto de alguns, fiquem a saber que os tremoços, para além de nutritivos, podem ser utilizados de muitas maneiras e não apenas como aperitivo.
Hoje partilho convosco a minha receita de pasta para barrar de tremoço, tenho a dizer que o meu rapaz gostou bastante :)




Estive a pesquisar e encontrei um artigo aqui: https://www.centrovegetariano.org. Retirei alguns paragráfos:

"O tremoço é uma leguminosa da mesma família da ervilha e da fava e bastante rico nutricionalmente: possui três vezes mais proteínas e duas vezes mais fósforo do que o leite de vaca, uma quantidade elevada de cálcio, vitaminas E e do complexo B, fósforo, potássio, ácidos gordos insaturados (ómega 3 e 6), ferro e fibras. Em regra, a composição nutricional é a seguinte: 36 a 52% de proteína, 5 a 20% de gordura, 30 a 40% de fibra alimentar.

O tremoço seco é tóxico - contém a substância alcalóide lupanina que lhe confere um sabor amargo. Só depois de cozido e demolhado em água salgada se torna comestível.

No que diz respeito à gordura, a sua composição é, na sua grande maioria, ácido oleico e linoleico (gordura presente no azeite), constituindo 86% da gordura total. Acresce que o tremoço possui três vezes mais fibra do que a aveia e o trigo e, dessa fibra, a sua grande maioria tem a capacidade de reter o colesterol LDL no intestino e facilitar a sua eliminação nas fezes. O teor em amido também é reduzido, o que explica o papel deste alimento no controlo do índice glicémico (teor de açúcar no sangue) e consequentemente, na redução da incidência da obesidade na população; também é um alimento indicado para quem sofre de problemas ósseos e reduz o apetite. Além disso, as suas propriedades emolientes, diuréticas e cicatrizantes favorecem a renovação das células.

O tremoço tem igualmente outras aplicações: a farinha de tremoço é utilizada na produção de bolachas, pão, biscoitos, massas; alimentação para animais não-humanos; indústria farmacêutica; melhoramento dos solos (é denominado “adubo verde” pois evita a utilização de adubos convencionais e prepara os solos em particular para o cultivo do milho, melão e trigo), etc."
Planta do tremoceiro (existe em várias cores)


Posto isto, nada como fazer uns experiências :)

Pasta para barrar de tremoço
250gr de tremoço descascado
3 colheres de sopa de azeite
5 colheres de sopa de água

A parte mais demorada é mesmo a de descascar os tremoços :)
Depois de descascados trituram-se com o azeite e a água até ficar uma pasta. Podem usar a varinha mágica, uma Bimby ou um processador, depende da quantidade que fizerem.
Se for necessário ajustem quer o azeite, quer a água, esta receita não necessita de sal, já que os tremoços chegam-nos sempre salgados, aconselho que os lavem bem antes de os utilizar.

Bons cozinhados, até breve,
Vera